sábado, 20 de fevereiro de 2021

2021 começou e foram tantas mudanças!

 Eu precisava escrever, fazia tempo que não escrevia, aqui na verdade; mas escrevi em muitos outros lugares, desde apps de namoro após o divórcio, à outras redes sociais, e do nada me dei conta que faltou foi tempo para escrever mais, escrever aqui...

Esse blog que me acompanha desde sei lá,  nascimento da Hanna, talvez do Greg em 2006, não lembro, mas eram muitas sugestões de vocês e eu adoro e adorava a interação, orkut, quem ainda lembra? Como o tempo voa...



E sempre falam, você escreve muito! Que textão! Isso é uma coisa tão natural pra mim... E o tempo passou que nem me dei conta o quanto evoluí nesses últimos anos, vocês se deram conta? Pelo que passaram, pelo que evoluíram?

Um ano e meio de separada e o tanto que eu cresci, geralmente a gente não nota muito, mas quem está de fora, como amigas, cumadres, etc... dizem... A dependente emocionalmente que hoje preza pelas boas companhias, mas que sabe que se partirem, tá tudo bem...

Sempre quis fazer minha faculdade de Designer de interiores e Arquitetura, mas nunca pude... Hoje faço, aos trancos e barrancos, não é fácil, ser uma adulta cheia de afazeres e ainda estudar, com a mente turbulenta que eu tenho, pior ainda...

Trabalhei em Drogaria, trabalhei em casa de temporada, trabalhei como faxineira, Fiz doces e salgados pra vender, criei meu próprio negócio, o Dorotas.store, onde fabrico jóias de unhas e bijouterias, e vendo Tshirts personalizadas e futuramente Makes. Conheci uma infinidade de pessoas, a maioria que viraram boas amizades, contatos de trabalho, apoio emocional. Cortei cabelo, pintei cabelo, me reinventei a cada fase nova, triste ou feliz. Perdi entes queridos, perdi gatos que eram da família. Fortaleci amizades, caí, levantei. Levei calote, aprendi, me iludi. Fiz obra, reformei, pintei sozinha, comprei móveis. Gravei para o canal. Meus filhos foram morar com o pai. Me vi sozinha, e adorei isso; namorei e adorei isso também... Assim é a vida...


Fácil nunca é, tive depressão, toc, me curei (recaídas são possíveis, mas Deus é mais!),  e hoje sigo tentando sobreviver nessa selva de pedra, procurando ser melhor do que ontem, fazer a minha parte. Ainda não sei para que propósito eu vim ao mundo, caí mais do que eu queria, mas do que eu merecia. Mas eu tiro como aprendizado e tento passar conselhos aos que me cercam. É muita tentativa, erro e acerto, e ninguém pode julgar ninguém. Estamos todos tentando.

Às vezes a gente lembra de umas coisas e se arrepende né, fazer o quê, coisas da vida. Mas eu ainda quero mais; mais tentativas, mais acertos, mais amor, mais diversão, mais aventura, mais viagens, mais trabalho, mais aprendizado, mais amigos, mais VIDA.

E você, o que tem feito para evoluir na sua vida?

Saúde e Paz, Gratidão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua graduação há um click de distância

 Oi Todo mundo, vocês sabem que estou estudando Designer de Interiores pela Uniasselvi e hoje vim falar um pouco pra vocês.  Estou adorando ...