segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Blogueira, vendedora e diarista sim!


Oi gente.
Atualmente além de ser blogueira; trabalho numa loja como vendedora e faço faxina uma vez na semana em um escritório. A vida está corrida mas a gente sempre dá um jeito né. Desculpem os atrasos nos vídeos mas ainda estou me adaptando à novas rotinas e as crianças entraram de férias também, imaginam né?

Outro dia estava eu limpando a recepção do escritório quando entrou um amigo de escola e me cumprimentou. Naquele momento eu fiquei com vergonha de ser uma faxineira. Vergonha sim, não pelo trabalho em si, mas por mim...
Embora tenha cursos de recepcionista, telefonista etc e tal, duvido muito que algum dia esta mesma empresa ou outras me contratem para algum desses cargos porque me conhecem como a faxineira.
Mesmo que eu tenha competência, capacidade e estudo para a tal, é muito difícil conseguir um bom emprego. Já trabalho...

Como vendedora também é novidade pra mim. Ainda não sei se gosto ou não desse trabalho. É bem cansativo ficar oito horas em pé, já que, embora pareça, eu não tenho mais vinte aninhos, já passei da fase do trabalho braçal, estou mais para o trabalho mental... Mas é muito legal ver pessoas diferentes, atender pessoas, ver culturas diferentes, aprender sobre seu novo trabalho. Até porque aprender nunca é demais.
Mas não crio muitas expectivas para não me decepcionar, sei lá, faço o meu trabalho e se rolar algo melhor tô no lucro!

A vergonha que me refiro é de ter competência e não ter valor, muitos que estudaram até mais que eu também passam por isso. Nem toda faculdade leva a bons empregos. Eu perdi a possibilidade de ter feito arquitetura quando morava na capital. Na região dos lagos também não tem como eu terminar a de decoração. Então fico na mesma, cursos feitos com dificuldade à toa e a consiência de que ficarei com a vida estagnada no que ela é... É como dizem: Perdi as duas chances de ser rica, nascendo e casando!rsrsrs

Depois de pensar durante a faxina de hoje, peguei a vergonha e a mandei catar coquinho! Porque sou honesta e este é um trabalho honesto, deixo o escritório limpinho e cheiroso, o pessoal lá elogiam... (Uso lavanda!)

Eu gosto de trabalhar sim, difícil ouvir alguém dizer que gosta né... Gosto de ser útil, de organizar, de interagir... Mas agora que eu fui demitida das vendas, nem fiz 30 dias mas não tô decepcionada, nem magoada com nada. Nem tão pouco fiz algo errado, simplesmente não era pra ser sabe, às vezes a gente só não nasce para certos tipos de trabalho.
Esperando ainda pela minha vaga em algum emprego, quem sabe um dia eu conquiste tudo que desejo( e eu quero tão pouco).

Então é isso amores, não tenham vergonha do seu trabalho, sejam honestos e trabalhem bem. Que o resto vem! Uma hora vem, rsrsrs
Bjkas

Nenhum comentário:

Postar um comentário